29 de agosto de 2014

Riverbed - Repensando o espaço da galeria de arte




Olafur Eliasson, um artista dinamarquês/islandês, está com sua primeira exposição solo, aberta dia 20 de agosto de 2014, a exposição “Riverbed” ficará até  04 de janeiro de 2015 no Museu de Arte Moderna de Louisiana, na Dinamarca.  
O trabalho central, Riverbed(2014) , baseia-se na ligação única entre natureza, arquitetura e arte características de Louisiana. Ao transformar toda a ala sul do museu em uma paisagem rochosa imitando o leito de um rio, Eliasson se concentra em habitar o espaço de uma maneira nova e insere novos padrões de movimento para o museu.






A superfície de rochas que cobre o chão criou o que seria um fluxo remanescente, como se fosse realmente um rio seco. A obra de Eliasson é sobre andar e passar por caminhos estreitos nestas galerias, mas também toca em questões mais fundamentais sobre a forma como a estrutura arquitetônica e institucional configura um campo de ação para os usuários. Que tipo de comportamento é que o museu convida e que convenções e hábitos que nós associamos com uma visita a um museu? Quais os tipos de encontros sociais pode acontecer em um museu como o de Louisiana? O trabalho atua neste aspecto geral, apenas transformando o espaço existente em um espaço inteiramente diferente e, assim, convida um outro tipo de comportamento.


O artista questiona e brinca, ao postar esta foto em seu site:  "Como é a sensação de manter o equilíbrio?
Como é a sensação de perdê-lo?"

Muitos artistas (recentemente e no passado) já experimentaram usar o espaço da galeria vazia em nome de instalações radicais e institucionais, críticas, questionando a consciência, porém Eliasson realmente conseguiu fazer algo agradável e envolvente, ainda que fazendo-se questionar também.



 

28 de agosto de 2014

The future of wearable technology is...

A cada dia surgem no mercado novos produtos e ideias com o propósito de solucionar problemas do cotidiano. O novo mercado para wearable technology ou tecnologia vestível mostra o quão rápido uma indústria pode ser desenvolvida. Entre alguns exemplos estão: o famoso Google GlassPavlokpulseira que age como um personal coach, monitorando seu condicionamento físico; Oculus, o sonho de consumo de todo nerdMecapholypsevestidos surrealistas que podem ser alterados através do controle da mente; Wearablesolarroupas com placas solares para captação de energia, entre outros. 
Atualmente, de acordo com Danielle Wilde, pesquisadora visitante do Centre for Advanced Materials and Performance Textiles (RMIT School of Fashion and Textiles), as chamadas tecnologias vestíveis são exploradas de duas formas – em peças conceituais criadas por artistas e designers e em dispositivos desenvolvidos com o apoio da engenharia.
Nesse vídeo abaixo, Danielle Wilde fala sobre o futuro dessa tecnologia que evolui junto da moda e mais especificamente, da vestimenta. A pesquisadora enfatiza a necessidade de designers e cientistas trabalharem juntos, pensando num cruzamento de materiais, inovação tecnológica, poética, performatividade e participação. Defende, também, que o futuro das wearable technologies reside na criação de produtos com qualidades estéticas expressivas.

Assistam, é incrível, e está recheado de exemplos que podem servir de inspiração!
Este vídeo é uma co-produção entre a SBS World News e The Conversation. (apenas em inglês)





25 de agosto de 2014

Sorvete virando arte

Não sabe o que fazer quando o sorvete começa a derreter? Ao invés de jogar logo fora para não se lambuzar, que tal uma solução criativa e inovadora? O artista de Bagdá, Othman Toma troca a tinta e aquarelas típicas por guloseimas.

Os trabalhos do artista inclui leões e tigres que surgem de respingos com variedade de cores, sem exigir muitos materiais.

Para ver mais sobre o artista, é só ficar de olho no Instagram dele: @othman_toma






fonte: noo.com.br 

22 de agosto de 2014

Placa transparente concentra energia solar




 
Foi desenvolvido por um time de pesquisadores da Michigan State University-MSU um novo tipo de concentrador solar, que pode ser colocado sobre uma janela e produzir energia solar enquanto permite que as pessoas vejam através dessa janela.

Ele foi chamado de concentrador solar iluminescente transparente, e poderá ser usado em construções, telefones celulares, tablets e qualquer outro aparelho que possua uma superfície transparente.

Segundo Richard Lunt, professor de engenharia química da MSU, a palavra chave nessa nova tecnologia é “transparente”, Lunt afirma que "Uma vez que os materiais não absorvem ou emitem luz no espectro invisível, eles parecem excepcionalmente transparentes para o olho humano.".

O sistema de colheita solar utiliza pequenas moléculas orgânicas, desenvolvidas por Richrd Lunt e sua equipe, para absorver comprimentos de onda de luz solar não visíveis.
"Podemos ajustar esses materiais para pegar apenas o ultravioleta e os comprimentos de onda infravermelho próximo, que, em seguida, 'brilham' em outro comprimento de onda no infravermelho", disse ele. O "brilho" de luz infravermelha é guiado para a extremidade do plástico, onde é convertida em electricidade por finas tiras de células solares fotovoltaicas.

Yimu Zhao, estudante de doutorado em engenharia química e ciência dos materiais, e Richard Lunt, professor assistente de engenharia química e ciência dos materiais, executam um teste no laboratório de Lunt.


Lunt disse que mais trabalho é necessário, a fim de melhorar a sua eficiência de produção de energia. Atualmente, ela é capaz de produzir uma eficiência de conversão de energia solar perto de 1 por cento, mas pretendem atingir eficiências acima de 5 por cento quando totalmente otimizado.

Este concentrador solar possibilitará que transformemos nossas janelas, e-readers e muitos outros aparelhos em geradores de energia própria.

20 de agosto de 2014

Vessyl - o copo inteligente



Hidratar o corpo durante o dia e, mais ainda, quando se pratica exercícios físicos é de suma importância para a saúde. 
O conhecimento generalizado diz que é preciso tomar oito copos de água por dia a fim de se manter hidratado, porém, segundo Mark Berman (Vice-presidente da Saúde, Mark One) o assunto é mais complexo que isso. Foi com isso em mente que designers criaram o Vessyl. Este objeto tecnológico auxilia o usuário a monitorar a hidratação do corpo, saber os nutrientes e a quantidade que recebe. Dentre suas especificidades estão: reconhecer automaticamente qual líquido está dentro, detectar a quantidade de calorias, açúcares, proteínas e gorduras que possuí e registrar o nível de hidratação que o usuário alcança durante o dia.




O copo é sincronizado a um dispositivo móvel - IOS ou Android, portanto, todas as informações sobre os nutrientes serão atualizados automaticamente no sistema. Para os corredores, o produto rastreia e conecta-se diretamente com os aplicativos de corrida, reforçando a consciência de hidratação do atleta. Além de tudo isso, o copo é facilmente lavável e possui um design funcional, prático e durável. 

Assista o vídeo abaixo para entender melhor seu funcionamento:
 


Vessyl só será lançado efetivamente no mercado em 2015, porém, está aberto para pedidos antecipados com desconto de 50%. 


O que acham deste produto? Revolucionário ou desnecessário?
Há quem pensa que é completamente desnecessário, leia aqui



18 de agosto de 2014

Design simples, sustentável e elegante.

Estúdio de design holandês PS Estúdio desenvolveu este relógio que é simples, forte e feliz. Chamado de Moak Clock, é uma mistura inteligente entre uma estrutura de concreto, um seletor de madeira e um toque de cor para torná-lo mais impactante. Resumindo-se em um design clean, sustentável e encantador! 






fonte: www.fubiz.net

16 de agosto de 2014

Palestra WGSN - Tendências de Varejo

Nesta semana, do dia 12 ao 15 de agosto, aconteceu em Blumenau a Feira Brasileira para a Indústria Têxtil-FEBRATEX. Durante estes dias foram apresentadas diversas palestras vinculadas a indústria da moda, no dia 14 a palestra da WGSN antecipou as Tendências Globais de Varejo.

Bruna Ortega, consultora de tendências da WGSN, apresentou o que move o consumidor. Foram apresentadas três formas inovadoras de atender este consumidor que está em busca de novidades na área de serviços.

O primeiro tópico abordado foi o ‘Storytelling Comprável’, no qual a marca busca se relacionar com o consumidor de forma que ele seja o principal protagonista na nova narrativa do varejo.
Temos como exemplo a IKEA, que desenvolveu um aplicativo no qual o consumidor pode visualizar como seria se o produto estivesse inserido no ambiente da sua casa. 


O segundo tópico abordado foi  ‘Serviço BFF’, é oferecido de forma que o cliente sinta que o prestador de serviços está agindo como seu melhor amigo agiria, propiciando novas experiências e agregando valor ao consumidor na hora de escolha do produto.
A Stella Service criou em parceria com o Google o selo Google TrustedStore, que dá a garantia de que sua compra online será segura e tem o google como seu aliado na hora de escolher onde comprar.

O terceiro tópico foi ‘A Nova Dinâmica da Loja’, onde a interação com o cliente é repensada e redefinida, são criadas experiências inovadoras para o consumidor.
A grife Kate Spade criou uma nova experiência ao abrir em Nova York a loja Kate Spade Saturday, que traz o melhor da compra online para as ruas. A grife usa suas vitrines para expor seus produtos, e na vitrine através de um aplicativo a cliente é capaz de escolher o que vai comprar, e este produto será entregue no seu endereço de preferência dentro de uma hora.





14 de agosto de 2014

LOGO + Futuro do Presente: em busca de um DNA!


LOGO (Laboratório de Orientação da Gênese Organizacional/UFSC) está  trabalhando na descoberta do DNA para o projeto de pesquisa FPLab – Futuro do Presente – espaço para observação, análise e interpretação de sinais. O trabalho começou há pouco tempo e contou com a participação da equipe do projeto (coordenadora Sandra Rech e bolsistas Caroline Mendes, Jéssica Mileski e Thaís Dutra), alguns alunos e professores da UDESC.
Hoje, foi realizado o Evento Criativo no Laboratório do LOGO, localizado na Lagoa da Conceição. O evento contou com a participação de diversas pessoas que estão envolvidas, ou que tenham algum conhecimento do trabalho realizado no projeto, com o objetivo de encontrar seu DNA. O processo buscou ativar a capacidade criativa de cada um para juntos destacarmos palavras-chave que revelem o que está intrínseco ao Futuro do Presente. Através de um brainstorming e MUITA inspiração, estamos chegando a um veredicto que vai definir a identidade do projeto de pesquisa que, OBSERVA o PRESENTE para ENTENDER o FUTURO. Fique atento para a novidade que está chegando!!!  

Confira algumas fotos do evento:

Brainstorming 
Equipe Futuro do Presente
Brainstorming
Orientação
Conexões
Alunos UDESC + Equipe Futuro do Presente


11 de agosto de 2014

Surpreenda-se com essas estátuas!

Você pode ver estátuas de várias formas e tamanhos diferentes andando por aí. Normalmente, a maioria, acaba passando despercebida. Contudo, algumas nos fazem olhar, olhar, e olhar mais uma vez. Nessas imagens, é possível ver algumas das esculturas mais originais e surpreendentes das ruas ao redor do mundo. Confira:

 PEOPLE OF THE RIVER BY CHONG FAH CHEONG – CINGAPURA

MUSTANGS BY ROBERT GLEN, LAS COLINAS – TEXAS

 SALMON – PORTLAND, OREGON

SHOES ON THE DANUBE BY CAN TOGAY & GYULA PAUER – BUDAPESTE

 THE KNOTTED GUN BY CARL FREDRIK REUTERSWARD – NOVA YORK

 FREEDOM BY ZENOS FRUDAKIS – PENNSYLVANIA

 JUODASIS VAIDUOKLIS BY S. PLOTNIKOVAS AND S. JURKUS – LITUÂNIA

LES VOYAGEURS BY BRUNO CATALANO – MARSELHA

GIANT SPIDER BY LOUISE BOURGEOIS – LONDRES

THE UNKNOWN OFFICIAL – REYKJAVIK

 THE AWAKENING BY JOHN SEWARD JOHNSON II – MARYLAND

Fonte: blogmoscabranca.com.br